R. Dr. Antônio Dorta, 18, Porto Calvo  / Segunda à Sexta das 08:00 às 13:00

Prefeitura de Porto Calvo firma parceria com SEBRAE para incentivar a economia local

A Prefeitura Municipal de Porto Calvo junto das Secretarias de Planejamento, Emprego e Renda e Indústria e Comércio se reuniu com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE) para discutir ações de incentivo à economia local. O encontro aconteceu no último dia 17, no plenário da Câmara Municipal, no Centro de Porto Calvo.

O objetivo da parceria entre o município e o SEBRAE é a transformação local pela implantação de políticas de desenvolvimento em eixos estratégicos. Além de transformar o ambiente de negócios com soluções que compreendem a economia e melhorem o mercado local.

A prefeita Eronita Sposito ressaltou que essa parceria é muito importante para o município e que seu desejo é fazer algo para beneficiar o povo. “Fazer algo que esteja dentro da nossa realidade para que possamos fazer acontecer. Para que as pessoas vejam que deu certo e entendam importância que se tem em empreender no município. Queremos expandir, crescer as ações. Às vezes pequenas coisas se tornam grandes”, comentou a chefe do executivo.

Tatiana Eigler Lima explicando a importância da parceria do SEBRAE com o município – Foto: Esmerino de Lima Neto

De acordo com a analista de políticas públicas do SEBRAE, Tatiana Eigler Lima, o projeto foi criado para o desenvolvimento dos municípios oferecendo desde soluções para a gestão até benefícios para micro e pequenas empresas.

“Vamos trabalhar para que o município se transforme. Iremos iniciar agora em março e finalizamos em dezembro. Estamos com uma expectativa gigantesca porque temos mais de quatro anos que não vínhamos a Porto Calvo. O SEBRAE não estava atuando aqui com a gestão pública, só com os empresários através do relacionamento, do atendimento. Percebemos que a gestão atual tem bastante interesse, a realidade é diferente”, comemora Tatiana.

O programa vai ser trabalho em vários eixos: liderança, sala do empreendedor, compras públicas, desburocratização, educação empreendedora, comércio e serviços, indústria, turismo e artesanato.

Deixe um comentário