R. Dr. Antônio Dorta, 18, Porto Calvo  / Segunda à Sexta das 08:00 às 13:00

Secretaria de Meio Ambiente de Porto Calvo recebe técnicos ambientais para propor soluções sustentáveis para os pescadores do município

A Secretária de Meio Ambiente, Recursos Hídricos, Ciência e Tecnologia, Cleópatra Soares, recebeu, na manhã desta terça-feira (27), técnicos da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) e do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) para uma reunião com os pescadores do município de Porto Calvo para propor ideias sustentáveis e conscientes.
O objetivo da reunião é propor uma aproximação da comunidade com os futuros turistas que vierem conhecer a cidade. Além disso, os técnicos estão trabalhando para avaliar a saúde dos rios mais importantes da Região Norte de Alagoas, o Rio Manguaba, Rio Camaragibe e o Rio Santo Antônio.

Secretária Cleópatra Soares reunida com biólogo, pescador e arquiteta para traçar metas para o município (Foto: Marcos Kromos)

De acordo com a secretária de Meio Ambiente, Recursos Hídricos, Ciência e Tecnologia, Cleópatra Soares, o projeto irá viabilizar um novo olhar para o desenvolvimento sustentável para o município. ” Essa atitude tende a abrir um leque de possibilidades para a economia local, terá como ponto de foco, a gestão ambiental, proporcionando assim qualidade de vida para os munícipes. Além da gestão de águas dos nossos Rios.

Entrevista dos técnicos com a comunidade (Foto: Marcos Kromos)

Para os pesquisadores, a colaboração dos moradores e a aproximação dos técnicos com a comunidade é essencial. “São essas pessoas que trazem a situação atual que nos permitem vê o panorama a respeito da qualidade desses ambientes e dessas análises que estão sendo feitas, que são as coletas do próprio recurso hídrico, da água, do peixe e outros seres vivos”, explica a Dra. Nathalia Correa Chagas . Além dela vieram para a reunião, Raquel de Melo, Miriam Costa estantes do curso de Agroecologia da Ufal e Bruno Torres do Projeto Peixe Boi / Icmbio Costa dos Corais.

Dra. Nathalia Correa Chagas com pescadores (Foto: Marcos Kromos)

Os pesquisadores reforçam, ainda, que essa aproximação com a comunidade é essencial para propor soluções para essas mudanças sustentáveis e conscientes para o município. Além da Secretaria de Meio Ambiente, Recursos Hídricos, Ciência e Tecnologia, Ufal, ICMBio e pescadores, estiveram presentes a Secretaria de Comunicação, Infraestrutura e Patrimônio.

 

Deixe um comentário