segunda-feira , 20 maio 2024
Home / Comunicação / Psicólogo alagoano Melquisedeque Carlos lança, como coaautor, “A vida é feita de melodias”, durante 40ª Bienal do Livro do Rio de Janeiro

Psicólogo alagoano Melquisedeque Carlos lança, como coaautor, “A vida é feita de melodias”, durante 40ª Bienal do Livro do Rio de Janeiro


O escritor e psicólogo Melquisedeque Carlos lançou, neste mês de setembro, durante a 40ª Bienal do Livro do Rio de Janeiro, como coaautor, a obra “A vida é feita de melodias”. Único alagoano a participar do evento literário carioca, ele narra, em algumas páginas do livro, sua história de superação ao enfrentar um câncer intestinal.

“As linguagens, comum e erudita, são incapazes de decodificar a minha efusividade em participar de uma bienal da dimensão como é a do Rio de Janeiro. Estamos falando de um evento que é considerado pela comunidade literária brasileira, e até pelas internacionais, como um dos maiores epicentros culturais mundiais desse momento. Prova disso é que alguns dos maiores expoentes do atual mercado literário, como Cassandra Clare, Abdi Nazemian e a carismática Jenna Evans Welch, todos best-sellers do New York Time, sentem-se privilegiados em marcar presença nessa bienal que agora celebra seus 40 anos de história”, declarou o escritor.

Melquisedeque Carlos também destaca que a oportunidade de lidar com o público, de forma presencial, é uma outra experiência enriquecedora: “Enquanto escritores, temos o trunfo de participar desse macro processo da formação de uma nova geração de leitores, já que a transmissão da apreciação pela leitura é oral, corpo a corpo, como ocorria na antiga Grécia, onde a prática da leitura em voz alta e em grupo era o habitué social. Outra recompensada que nos é oferecida é a chance que o escritor tem, direta e indiretamente, de poder influenciar a formação também de uma nova geração de literatos, mediante à sua disponibilidade de se oferecer como modelo identificatório e inspiracional ali, em carne e osso. Essa sociabilidade com o escritor torna, no imaginário do leitor, um ofício mais acessível para ele, sobretudo, para aquele que já aspira o o universo da literatura”, afirmou.

Cura do câncer

Natural de Porto Calvo, cidade do litoral norte de Alagoas, Melquisedeque Carlos destaca ainda a importância do livro em razão da obra ter lhe dado a oportunidade de falar sobre a cura do câncer. “Para além disso, o livro me deu a chance de externar minha experiência de enfrentamento ao câncer, cujo processo exigiu de mim um colossal esforço auto-heróico e um novo olhar sobre a minha existência e sobre a vida como um todo”, contou o autor.

A obra foi publicada pela editora Rubi Editorial.

Trajetória na escrita

A carreira de escritor de Melquisedeque Carlos antecedeu à sua formação em Psicologia. No entanto, ao tempo em que investia em capacitações técnicas dentro e fora do país, como em países como os Estados Unidos e Colômbia, ele também seguiu escrevendo contos e poesias. Parte desse material, inclusive, foi publicado em jornais de circulação dentro do Estado de Alagoas, antes mesmo dele ingressar na faculdade. “Agora que a minha carreira de psicólogo está solidificada, resolvi resgatar a minha imaginação de literato. Dessa vez, por eu estar vivendo um novo tempo, os dois ofícios convivem pacificamente na minha vida profissional”, declarou.

Ator intérprete do personagem “Beiçola” prestigiou lançamento

Durante a sessão de autógrafos de “A vida é feita de melodias”, que ocorreu no último dia 8, o ator Marcos Oliveira, famoso pelo personagem “Beiçola” do programa A Grande Família, prestigiou aquele momento. Ele também estava na bienal por ocasião do lançamento da sua autobiografia. Além do artista, o ex-jogador da Seleção Brasileira Leandro Silva, que também lançou um livro, foi uma personalidade a marcar presença no stand da Rubi Editorial.

Veja também

Campeonato Municipal de Futebol de Campo 2024 tem Início em Porto Calvo

Neste domingo, 18, teve início mais uma edição do Campeonato Municipal de Futebol de Campo …

Pular para o conteúdo